A melhor opção do usuário é usar a rede credenciada

Muitos planos de saúde oferecem ao segurado a alternativa de utilizar instituições e médicos não-credenciados. Nestes casos, paga-se pelo serviço e apresenta-se o recibo para reembolso. No entanto, é preciso ter cuidado para acabar não gastando mais do que o esperado.

Na maioria das vezes, o valor cobrado pelos profissionais que não atendem pelo convênio tende a ser superior ao valor reembolsado. Também pode acontecer de o profissional procurado não atender às especificações do plano de saúde – como, por exemplo, possuir registro no Conselho Regional de Medicina – e, por isso, não se enquadrar nas regras de reembolso. Além disso, as consultas com médicos conveniados envolvem menos burocracia: além de estes conhecerem melhor os procedimentos do plano, o usuário só precisa apresentar o cartão de identificação.

Antes de marcar a consulta com um médico não-referenciado, confira no guia do plano de saúde quais são suas opções. É a única garantia de ter o atendimento 100% coberto.

Além dessas razões, quanto mais reembolso o plano de saúde pagar, maior fica a nossa sinistralidade, resultando em um possível aumento da mensalidade do plano de saúde!

Vamos ficar atentos!